O VALOR DA PUBLICAÇÃO NAS HUMANIDADES

Ao se debaterem com essa questão-chave, os reitores exploraram vários aspectos de uma questão muito maior: como as universidades moldam melhor a formação, a interpretação e a disseminação do conhecimento às necessidades e mídias públicas emergentes? Quais características definem a qualidade do argumento monografias prontas acadêmico? Se a monografia está sendo cada vez mais desafiada como um componente viável dos sistemas de comunicações acadêmicas, que outros gêneros são necessários para disseminar o conhecimento nas humanidades?

Nos últimos 20 anos, quase todas as conversas sobre mudanças nas comunicações acadêmicas focaram monotonamente em seriados. Essa discussão foi dominada pela necessidade de acesso aberto com seus debates pedantes sobre o significado das cores ouro e verde. A proliferação de financiadores e de mandatos universitários requer o desenvolvimento de estruturas institucionais dispendiosas de notificação e monitoramento de conformidade e estão resultando em guerrilhas de evasão entre vários segmentos do corpo docente, que podem até ter votado pelos mandatos em seus campi, mas acreditam que não não – ou não deveria – aplicar-se a si mesmos Dissertação de Mestrado e Tese de Doutorado.

São estes os tópicos da conversa que os membros da academia realmente querem ter sobre as comunicações acadêmicas nas humanidades? A publicação nas humanidades está destinada a seguir o modelo dos periódicos, o que equivale a pouco mais do que artigos altamente lucrativos, impressos no Portable Document Format, que tiram proveito de poucas ou nenhumas das possibilidades interativas, anotativas e computacionais do rede? Os estudiosos e os editores das humanidades não devem abordar a questão central, que os reitores de humanidades expressaram como uma preocupação profunda de que o ensino superior não está conseguindo atingir seus principais públicos na mídia on-line que eles estão usando naturalmente? Não é hora de ampliar nossa visão da publicação acadêmica para incluir outras formas de publicação, incluindo monografias prontas?

NOVA INFRAESTRUTURA PARA PUBLICAÇÃO DE LONGA DURAÇÃO
A Fundação Andrew W. Mellon é uma filantropia privada baseada em Nova York que apoia o ensino superior e as artes. O programa Mellon que eu lidero é o Scholarly Communications, que suporta bibliotecas acadêmicas e editoras acadêmicas. Um dos nossos objetivos no programa de Comunicações Acadêmicas é ajudar a incorporar práticas digitais modernas na publicação de bolsas de estudo nas ciências humanas e garantir sua disseminação para o público mais amplo possível.

Skomentuj

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*